minifoto.jpg (5670 bytes) José Paulo Moreira da Fonseca
(1922-2004)
 


00.jpg (12797 bytes)
A casa e o mar

     José Paulo Moreira da Fonseca nasceu no Rio de Janeiro em 1922 e faleceu na mesma cidade em 4 de dezembro de 2004.

     Em 1945, formou-se em Direito e em 1948 concluiu a Faculdade de Filosofia, mas, afinal, dedicou-se à arte, tornando-se um dos principais poetas de sua geração, com vários livros publicados.

     Na década de 50, fez suas primeiras incursões na pintura, como autodidata. Foram experiências isoladas, com grandes lapsos de tempo entre um e outro quadro, até alcançar, afinal, um ritmo regular de produção.

     Segundo suas próprias palavras, houve «influência inicial dos Velhos Mestres e do Impressionismo, através do Museu imaginário das reproduções; a pintura italiana do Séc. XV, os holandeses do Seiscentos, a gravura japonesa, os inovadores desde Turner até Bracque e Mondrian são, no desenvolvimento da obra, os modelos fundamentais, tudo conjugado com a paisagem carioca, da Baixada Fluminense e da Serra do Mar (Petrópolis e Teresópolis).»

     Fazendo abundante uso da espátula, José Paulo estrutura seus quadros por meio de zonas cromáticas bem distribuídas no espaço pictórico, tematicamente tendo nas fachadas, portas e janelas, paisagens e marinhas os motivos principais de sua produção.

     Tendo realizado em 1962 sua primeira individual, desde então já efetuou numerosas mostras, em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, como também em Frankfurt, Lisboa, Londres, Viena, Munique, Bonn, Hamburgo e Nova Iorque. É uma pintura agradável, que apela diretamente ao olho tátil e, através dele, ao sentimento do espectador.                                 

Fonte: "500 Anos da Pintura Brasileira"

LEIA TAMBÉM:
CARLOS HEITOR CONY
RELEMBRA JOSÉ PAULO

 



ze_di.jpg (9579 bytes)
José Paulo com Di Cavalcanti
.

VISITE O BLOG DA PITORESCO