.
Gustave Coubert
1819 - 1877
.


Com um estilo de pintura oposto ao do classicismo e do romantismo, Courbet consagrou-se como o principal representante da escola realista francesa do século XIX.

       Jean-Desiré-Gustave Courbet nasceu em Ornans, França, em 10 de junho de 1819.

     Transferiu-se para Paris a fim de estudar direito, mas não tardou a desistir das leis para dedicar-se à pintura. Iniciou-se nesta arte copiando no Louvre os mestres espanhóis do século XVII.

     Em 1842 pintou "Auto-retrato com um cão", obra já realista. Um de seus quadros mais célebres é "Enterro em Ornans", de 1849. Esse retrato da vida campestre, vigoroso em sua plasticidade, escandalizou pelo tema e pelo realismo.

     Em 1855, Courbet fez "O ateliê do artista", auto-retrato com um nu representando a Verdade e um grupo de personagens simbólicos e amigos do artista.

     Em 1855 seus quadros foram recusados pela Exposição Universal em Paris. Courbet reagiu organizando em barracas uma exposição de suas obras "realistas", que não tiveram muita repercussão entre os críticos.

     Passou os anos seguintes viajando pela Europa, e em 1860 pintou uma série de paisagens e marinhas -- "Luta de cervos", "O mar agitado" -- que, por seu tratamento da luz e o profundo lirismo do conjunto, prenunciaram, junto com as obras de Corot, as novas concepções impressionistas.

     Após a queda da comuna republicana de Paris, em 1871, na qual foi presidente da comissão de belas-artes, Courbet foi condenado a seis meses de prisão e a elevada multa.

     Em 1873, exilou-se na Suíça, onde faleceu em 31 de dezembro de 1877, na localidade de La Tour-de-Peilz.

©Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda.
.


IMAGENS
.

BANCO DE IMAGENS
.

VISITE O BLOG DA PITORESCO

 

.
Responsável: Paulo Victorino
www.pitoresco.com
.